Assine nosssa newsletter

Bottega Veneta PreSpring 2020

Por Posted on 3

Coleções feminina e masculina Bottega Veneta PreSpring 2020

C

ontinuação, evolução, refinamento. Para a temporada Pre-Spring 2020, o diretor criativo Daniel Lee continua a definir a percepção de um guarda-roupas para a vida contemporânea. As peças se conectam perfeitamente com as coleções anteriores: elas se entrelaçam, expandindo tanto as escolhas quanto a linguagem da marca. O conceito é meticulosamente planejado, preciso e elevado.

Os tecidos são fluidos, a atitude projetada é de ternura. Refabricações de silhuetas às proporcionam uma nova suavidade, que corresponde à estação. As formas são mais leves, relaxadas, maleáveis e se encostam contra o corpo sem tensão. Quilting – uma técnica de acolchoamento, usada para caracterizar as coleções – é vista em micro-escala, ou aplicada ao sedoso crepe de chine. Texturas estimulantes e aconchego são as proposta de jaquetas biker acolchoadas e camisas longas leves.

Fluidez e praticidade se refletem diretamente nos acessórios: inspirados no imediatismo dinâmico da bolsa The Pouch, introduzida na coleção Primavera de 2019 e criada, sem costuma, a partir de uma única peça de couro intracciato da Bottega Veneta. Novos modelos evocam gestos e movimentos, com sutileza ostentada através de sua própria arquitetura. Simplicidade e pureza oferecem uma ponderosa declaração de estilo.

A paleta de cores é leve, quente: arenito neutro, tons de marrom, preto e branco harmonioso ao lado de tons naturais de pistache, limoncello e verde sálvia.

Malhas se conectam à trama intrecciato – como algo produzido a partir de si mesmo. Vestidos inteiramente de malha são sensivelmente drapeados sobre a pele, enquanto a técnica de tecelagem é dimensionada em proporções macro com decotes cruzados na altura do peito. O tricô – como o couro, uma área da especialidade da Bottega Veneta – também está no coração da linha masculina, ao lado de roupas invernais clássicas e robustas em tecidos luxuosos com detalhes técnicos de alto desempenho – pragmatismo, praticidade e resistência.

Estas formas e conceitos transitam entre ambos os gêneros, ressaltando uma sinergia e conexão entre a identidade de cada um. Eles compartilham um senso intuitivo do verdadeiro propósito das roupas – funcional, para vestir-se – ao mesmo tempo em que oferece um luxo distinto e individual sinônimo da Bottega Veneta.

As formas gráficas são suavizadas pelos cortes e pelo processo de tecer – tanto em roupas como em acessórios. Estes são inerentes à ideologia da Bottega Veneta, parte do discurso da maison. Aqui, eles são usados para estabelecer e enfatizar um novo vocabulário.

Sem comentários ainda.

O que você achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *