Assine nosssa newsletter

Exercício Prancha: 3 erros comuns

A

Prancha é um exercício seguro por não exigir movimentos articulares (isométrico) como outros existentes, porém exige cuidado para ser executado da maneira correta e não sobrecarregar articulações.

      O exercício é executado basicamente utilizando apenas o próprio peso corporal e a capacidade de estabilizar o corpo pelo maior tempo possível em uma posição.

      O fortalecimento desta parte central do corpo, denominada como CORE, garante estabilidade para a prática das mais diversas atividades físicas, prevenindo contra lesões e aprimorando a capacidade do indivíduo de sustentar o peso do próprio corpo com a musculatura envolvida.

Confira alguns dos erros mais comuns na hora de fazer a prancha e saiba como deve evitá-los:

1- Arquear a costas
Quando você apoia seu corpo sobre os cotovelos, depois de um tempo isso começa a pesar devido à ação da gravidade, fazendo com que você instintivamente arqueie suas costas.

Esse é um dos erros mais comuns cometidos na execução deste exercício, e deve ser evitado para não causar lesões.

2- Inclinar o quadril

Uma das coisas mais importantes na hora da execução da prancha é manter os quadris alinhados com os ombros.

Ainda sob influência da ação da gravidade um dos erros que acontece muito é a inclinação do seu quadril para o chão, como se seu corpo estivesse cedendo ao peso.

3- Levantar a cabeça
A posição da sua cabeça durante este exercício também é fundamental para executá-lo com perfeição.

Assim como o resto do corpo, sua cabeça também deve se manter alinhada com a coluna.

Muitas pessoas cometem o erro de ficarem com a cabeça erguida, e isso não só prejudica seu treino como também pode causar fortes dores no pescoço.

Tente manter seus olhos baixos e o queixo levemente abaixado durante todo o tempo que estiver na prancha.

 

 

Musculatura ativada durante o exercício

weighttraining/google

 

Ao incluir este exercício na sua rotina, veja que benefícios você irá conseguir:

  • Ganho de resistência.
  • Melhora na postura.
  • Estímulo ao metabolismo.
  • Vários músculos trabalhando.
  • Ajuda para prevenir lesões.

Dicas:

  • Procure fazer na frente do espelho para ver se sua postura está alinhada;
  • Caso o chão esteja deslizando, pode apoiar os pés em algum apoio firme, como na parede ou coluna;
  • Inicie com poucos segundos de exercício e vá aumentando esse tempo gradativamente ao longo dos dias.
  • Caso a posição seja muito difícil para você, em vez de apoiar com cotovelo, apoie com as mãos, mantendo os cotovelos estendidos.

“Com essas 3 dicas sua performance na hora da prancha será muito melhor e seus resultados ainda mais assertivos.

E lembre-se de não exagerar muito no tempo, é de pouco em pouco que você vai conseguir aquele abdômen trincado que sempre quis!”

Sem comentários ainda.

O que você achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *