Assine nosssa newsletter

Botox X Preenchimento – Vocês Realmente Conhecem a Diferença?!

C

om a preocupação quanto as linhas de expressão e outras marcas decorrentes do envelhecimento, buscamos tratamentos para manter a aparência jovial do rosto.

Entre estes tratamentos estão a aplicação de toxina botulínica (conhecida como Botox) e o uso de preenchedores, dentre várias outras opções de tratamento quando se pensa em rejuvenescer. Mas para que serve um e outro tratamento? Quais as suas indicações e aplicações? Para responder estes e outros questionamentos, entrei em contato com a Doutora Leika Lobo, médica, que irá tirar as dúvidas mais frequentes na área da dermatologia estética.

Vamos começar explicando o que é cada um.

Toxina Botulínica (Botox)

O botox virou uma marca de referência da toxina botulínica por ter sido uma das primeiras lançadas no mercado. Por esse motivo a palavra BOTOX® tornou-se muito conhecida e, por isso, sinônimo do procedimento.

Preenchedores

O mais conhecido e utilizado é o ácido hialurônico. Esta é uma substância presente no organismo de todo os animais, e encontra-se em todos os órgãos do nosso corpo, em diferentes proporções. Entre outras funções, esta substância é responsável pelo volume e consistência da pele. O preenchedor de ácido hialurônico é sintético e totalmente absorvível com o tempo.

Qual a função de cada um?

  • Toxina botulínica: Erroneamente muitas pessoas acreditam que o BOTOX® seja o grande responsável por todas as “aberrações” faciais com que nos deparamos hoje em dia. Porém, a toxina botulínica atua apenas na paralisação muscular e não na mudança dos volumes do rosto.
    Esta pode ser utilizado de maneira preventiva, de forma a “desacelerar” o processo de formação de linhas de expressão, e que mais tarde poderão ser disfarçadas também com outros procedimentos associados.
  • Preenchedores: São substâncias aplicadas em áreas do rosto de forma a preencher volumes perdidos, como sulcos, ou simplesmente dar volume, através da injeção do produto na camada média ou profunda da pele.

Quais os locais mais comuns onde são aplicados?

  • Toxina botulínica: Comumente aplicada no terço superior da face (onde fica a maior parte das rugas do rosto, porém existem outras técnicas). Ao contrário do que muitos pensam, o “botox” não cria retração cutânea, pelo contrário, ele relaxa o músculo onde é aplicado, suavizando as linhas da pele e reduzindo assim as linhas de expressão.
    O efeito começa após 24-48 horas da aplicação e é bem notável a partir de 3 dias. Caso seja necessária alguma complementação, esta deverá ser realizada entre 15 a 30 dias após a primeira aplicação.

  • Preenchedores: As áreas mais requisitadas costumam ser a região das olheiras, zigoma, bigode chinês, mandíbula, queixo e boca.
    Apesar do efeito é imediato, os resultados se tornam mais visíveis após alguns dias, com a acomodação do produto, tempo necessário para que os possíveis inchaços desapareçam.

É aplicada anestesia antes destes procedimentos?

  • Toxina botulínica: Anestésicos tópicos (como pomadas e cremes).
  • Preenchedores: Dependendo do tipo de preenchimento pode ser usado um anestésico tópico ou um anestésico local injetável ou até mesmo uma associação dos dois.

Pós procedimento

  • Toxina botulínica: Após a aplicação devemos tomar o cuidado de não deitar por um período de 5h. Evitar atividade física por 24h e não manipular o rosto, pra evitar que o produto aplicado não se espalhe para regiões diferentes de onde ele foi aplicado.
  • Preenchedores: Logo após o procedimento deve-se evitar a atividade física por uma média de 2 dias (depende de cada caso) e algumas restrições específicas que o médico avalia em cada procedimento.

Durabilidade

  • Toxina botulínica: A durabilidade gira em torno de 4 a 6 meses. Tudo depende da técnica utilizada, da marca do produto, da quantidade que é injetada, das características dos pacientes, dentre outras variáveis, incluindo seu grau de envelhecimento e seus hábitos no dia-a-dia.
  • Preenchedores: Depende do produto utilizado. Se for ácido hialurônico, por exemplo, sua ação se estende de seis meses a dois anos. Tudo depende, no entanto, do tipo de produto escolhido e da região onde foi aplicado.

Gostaria de agradecer as informações prestadas pela Dra Leika Lobo, que foram essenciais para a realização desse artigo. Vale lembrar que para qualquer procedimento, é necessário o acompanhamento feito por um profissional habilitado.

Un bacio a tutti.

Sem comentários ainda.

O que você achou?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *